quinta-feira, março 09, 2006

A PROPÓSITO
Aninhei-me em cada ruga tua
fiquei presa ás tuas palavras
Nos momentos líquidos
nos encontrámos
Fizemos um filho por descuido
Na morte falada nos separámos
Nos sonhos te reencontro
e no Além de novo ficaremos juntos?
Teresa David

6 comentários:

Fata Morgana disse...

Sabes, li o teu blog todo inteirinho!
É muito, muito belo, mas daquela beleza pura e dura.

Quando tornar a mexer no meu template vou adicionar-te como "Sacerdotiza" (o Z é propositado, faz de conta que é um arcaísmo), se não te importares, claro.

Um beijo

spartakus disse...

bonito, bonito, mas o futuro a deus pertence. se pertencer. b´dia.

pecado original disse...

Espero que sim. Espero que a fantasia e a eloquencia te deem um final feliz.

Beijinhoe uma boa noite

Nekynho disse...

Fizeste-me lembrar uma musica do Eric Clapton, chamada: "Would you know my name" :o)
Bom fim de semana :o)

Zecatelhado disse...

O Sonho, esse, ninguém o pode proibir. Belo poema.

Um @bração do
Zecatelhado

Conceição Paulino disse...

Bom domingo. Bjs e ;) amiga